sábado, 26 de julho de 2014

GOIANA: Prefeito Fred recebe prêmio da União Brasileira de Divulgação

| |
0 comentários

Na tarde da última sexta-feira (25), em cerimônia no auditório da Agência de Desenvolvimento de Goiana, o prefeito Fred Gadelha foi premiado pela União Brasileira de Divulgação (UDB) como um dos 100 melhores prefeitos do Brasil. O critério da escolha se deu pelo fato do novo modelo de gestão municipal instaurado atualmente.
Fernando Vieira, pesquisador da UDB e responsável pela entrega do prêmio, salientou que foram levados em consideração, principalmente, os ajustes feitos nas questões do planejamento e das finanças. “A atual gestão conseguiu tirar o nome de Goiana da lista dos devedores nacionais, o que possibilita o recebimento de investimentos e convênios, que melhoram a educação, saúde e várias outras áreas”, disse.
Emocionado, o prefeito Fred falou das dificuldades encontradas do início da gestão e do novo momento em que Goiana está pronta para viver. “Sei que temos muito que melhorar. E esse é o compromisso que temos com todos os goianenses. Já arrumamos a casa e agora é hora de agir e fazer de Goiana uma das melhores cidades para se viver, de todo o estado de Pernambuco”.
Além de Goiana, Surubim, Escada, Timbaúba e vários outros municípios foram escolhidos. A relação completa dos prefeitos premiados e o sistema de votação podem ser vistos no site www.udb.com.br
Informações

DIVULGAÇÃO: MORDOMIA MODA MASCULINA

| |
0 comentários

Chegou em goiana a mais nova loja de moda masculina

"MORDOMIA MODAS " Venham conferir tudo de moda masculina você encontra aqui !!















Informações

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Após 16 horas de velório e desfile em carro aberto, Ariano é enterrado

| |
0 comentários

Despedida de Suassuna reuniu familiares, amigos e fãs, no Recife.
Escritor e dramaturgo morreu aos 87 anos, por complicações de um AVC.


João Suassuna, neto de Ariano, recita poemas antes do sepultamento (Foto: Vitor Tavares / G1)
João Suassuna, neto de Ariano, recita poemas do avô antes do sepultamento (Foto: Vitor Tavares / G1)

Após 16 horas de velório, o corpo do escritor, dramaturgo e poeta Ariano Suassuna foi enterrado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife. O sepultamento foi precedido pela leitura de dois poemas, a pedido da viúva, Zélia de Andrade Lima. Um dos netos do casal, João Suassuna, recitou "Acahuan", que Ariano escreveu em homenagem a seu pai, e "A mulher e o reino", feito para a esposa. Todos os parentes acompanharam a leitura muito emocionados e Zélia foi amparada por eles.
A morte nunca é sina. É vida com outro nome"
Trecho de mensagem da
Arquidiocese de Olinda e Recife lida
durante o velório de Ariano Suassuna
O caixão chegou ao cemitério pouco antes das 17h, após ter desfilado em carro aberto, em um veículo do Corpo de Bombeiros, fazendo o percurso desde o Palácio do Campo das Princesas, local do velório. Ainda no palácio, os netos de Ariano carregaram o caixão até o carro, ao mesmo tempo em que os presentes aplaudiam e cantavam -- o frevo "Madeira que cupim não rói" e o grito de guerra do Sport, time do coração do autor. Um dos filhos de Ariano, o artista plástico Dantas Suassuna, acompanhou o caixão do pai durante o trajeto. A cerimônia de sepultamento contou ainda com salva de tiros, a execução instrumental da Ave Maria e da Oração de São Francisco, e uma chuva de pétalas.
Dantas Suassuna, filho de Ariano, acompanha o caixão do pai no percurso entre o velório e o cemitério (Foto: Kety Marinho / TV Globo)Dantas Suassuna (de camisa azul) acompanha o caixão do pai no percurso entre o velório e o cemitério (Foto: Kety Marinho / TV Globo)
Desde a noite de quarta-feira (23), até a tarde desta quinta, foi grande o número de familiares, amigos e fãs que passaram pelo Palácio das Princesas, durante o velório. O caixão esteve o tempo todo coberto por bandeiras do Sport, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), de Pernambuco e do Brasil.
A presidente da República, Dilma Rousseff, passou cerca de 40 minutos no local, onde conversou com familiares do escritor e com políticos, como o governador de Pernambuco, João Lyra Neto, e o candidato a presidente pelo PSB, Eduardo Campos. Dilma deixou o local sem fazer declaração pública. Também estiveram presentes o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo; os governadores Ricardo Coutinho (Paraíba) e Jaques Wagner (Bahia); o senador Humberto Costa e o prefeito doRecife, Geraldo Julio.
Caixão com o corpo de Ariano Suassuna chega ao cemitério (Foto: Vitor Tavares / G1)Caixão com o corpo de Ariano Suassuna chegou ao cemitério pouco antes das 17h (Foto: Vitor Tavares / G1)
A missa de corpo presente foi celebrada pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, e acompanhada com muita emoção por parentes, amigos e admiradores de Ariano Suassuna, no final da manhã . A celebração durou cerca de uma hora e Saburido destacou que Ariano, reconhecidamente espirituoso e assumido devoto de Nossa Senhora, era conhecido por ser um homem de fé. Uma mensagem preparada pela Arquidiocese especialmente para a ocasião foi lida. Em forma de poesia, um excerto dizia: "A morte nunca é sina. É vida com outro nome". O texto impresso foi entregue pelo arcebispo nas mãos da viúva, Zélia.
Filha de Ariano Suassuna e atual secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Recife, Ana Rita Suassuna se emocionou ao falar do pai, ressaltando o grande homem que ele foi não somente nas artes, mas também em casa. De acordo com ela, a felicidade com que o escritor passou os últimos dias amenizou, de certa forma, o sofrimento dos parentes. "Na última semana, ele fez duas aulas-espetáculo, uma no Teatro Castro Alves, em Salvador, e outra em Garanhuns. E a satisfação dele, quando chegou em casa, contando com alegria a festa que foram essas duas aulas. Então, a Caetana [como Ariano chamava a morte] chegou, mas ele está aqui presente com a gente", contou.
Para a filha mais velha de Ariano, Maria das Neves, o carinho demonstrado pelas pessoas ao pai é o maior legado que ele deixa. "O maior legado que fica é o carinho das pessoas têm por ele, não é nem tanto a obra. Esse carinho está vindo de todo o Brasil, estamos recebendo muitas mensagens", afirmou, agradecendo especialmente ao apoio que as pessoas têm dado à mãe, Zélia.
Durante o velório, um admirador de Ariano cantou o frevo "Madeira que cupim não rói", um dos preferidos do escritor, e chegou a arrancar aplausos dos familiares que estavam presentes. Enrolado em uma bandeira de Pernambuco e falando em voz alta, Jackson Nascimento lembrou a grande presença do Sertão nas obras do mestre, destacando que o povo da região sente muito orgulho de ser representado por um autor como ele. "O mestre não morre, ele permanece", resumiu.
Presidente Dilma Rousseff com o governador João Lyra Neto e a viúva, Zélia de Andrade Lima; fã homenageia Ariano cantando frevo; os diretores Guel Arraes e Luiz Fernando Carvalho (Foto: Vitor Tavares, Renan Holanda e Katherine Coutinho)Presidente Dilma Rousseff com o governador João Lyra Neto e a viúva, Zélia de Andrade Lima; fã homenageia Ariano cantando frevo; os diretores Guel Arraes (D) e Luiz Fernando Carvalho (Fotos: Vitor Tavares, Renan Holanda e Katherine Coutinho / G1)
O cineasta e diretor de televisão carioca Luiz Fernando Carvalho foi se despedir do escritor, de quem adaptou três obras para a televisão. "Você perguntava sobre a diferença entre jagunço e capanga e vinha uma aula sobre geografia, sobre música sertaneja, sobre geologia, sobre canto. [Ariano] É um tesouro, é um cometa raro", lamentou.
O também cineasta e diretor de televisão Guel Arraes definiu Ariano como um grande humanista. "Eu tive o privilégio de conhecê-lo. Em diversas ocasiões, desde pequeno, no trabalho, convivi com ele. Ele é um homem que viveu de acordo com as suas ideias, um homem simples, que conversava com o povo, viveu sempre perto de suas origens e, assim, se tornou universal".
Suassuna morreu na quarta (23), aos 87 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico, na segunda (21).
Em março de 2010, Ariano Suassuna deu uma aula-espetáculo durante o Festival de Teatro de Curitiba (Foto: Lenise Pinheiro / Folhapress)Em março de 2010, Ariano Suassuna deu uma aula-espetáculo durante o Festival de Teatro de Curitiba (Foto: Lenise Pinheiro / Folhapress)
FONTE: G1 PERNAMBUCO
Informações

Procon divulga sites de compras não recomendados

| |
0 comentários


A lista mantida pela instituição contabiliza 406 sites que os consumidores devem evitar
Com o aumento cada vez mais expressivo de compras pela internet, a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) mantém a página "Evite esses Sites". O objetivo da lista é evitar que os consumidores tenham problemas ao efetuar compras em páginas não recomendadas. No início deste mês outras 17 páginas suspeitas foram adcionadas ao levantamento, totalizando 406 sites.
De acordo com o Procon-SP, a recomendação é de que os consumidores verifiquem a página antes de realizar alguma compra pela internet.
Confira a lista completa aqui
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Informações

quarta-feira, 23 de julho de 2014

CURSO: IFPE inscreve para curso de Manutenção e Suporte em Informática

| |
0 comentários
MANUTENUNFI

São oferecidas 100 vagas através da modalidade EAD nos polos Recife e Goiana. Isenção da taxa de inscrição pode ser solicitada nesta quarta(23)
O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) abriu seleção para quem deseja se profissionalizar na área de Manutenção e Suporte em Informática. São oferecidas 100 vagas, na modalidade Educação a Distância (EAD), nos polos Recife e Goiana, onde os aprovados terão aulas presenciais uma vez por semana. O curso técnico é na modalidade Subsequente, voltado para quem já concluiu o Ensino Médio. 
As inscrições poderão ser feitas entre os dias 29/07 e 10/08, através do site http://cvest.ifpe.edu.br. É cobrada uma taxa de R$ 20, paga somente nas agências do Banco do Brasil. Os que não dispuserem desse valor podem solicitar isenção já nesta quarta e quinta-feira (23 e 24), também através da internet. Os candidatos terão que preencher, imprimir e assinar um requerimento e se dirigirem ao polo onde concorrerão à vaga, com os documentos necessários à isenção. A entrega da documentação deverá ser feita nas próximas quinta e sexta-feira (24 e 25), das 18h às 22h, no Polo Recife, e das 9h às 12h e das 14h às 16h, no Polo Goiana.
O Polo Recife do IFPE é localizado na Escola de Referência em Ensino Médio Nóbrega, na Estrada de Belém, 257, na Encruzilhada. Já o de Goiana fica na Escola de Referência em Ensino Médio Augusto Godim, no Loteamento Coração de Jesus, Centro. Nesses espaços há computadores com acesso a internet e tutores presenciais que auxiliam os estudantes em suas atividades. Os aprovados ainda contarão com acompanhamento de tutores a distância e professores, além de atividades práticas em laboratório.
A prova da seleção será realizada no dia no dia 24 de agosto na cidade onde o candidato concorre à vaga. Serão 30 questões, sendo dez de Português, dez de Matemática e outras dez de Conhecimentos Gerais. O resultado será divulgado no dia 29 de agosto e as aulas começarão em setembro.
Metade das vagas é oferecida através do sistema de cotas, destinado a quem estudou integralmente o Ensino Médio em escola pública. Os candidatos nessa situação ainda poderão optar por subcotas para negros, pardos e índios ou para quem tem rendimento familiar per capta de até 1,5 salário mínimo. Outras informações podem ser obtidas através do site da Comissão do Vestibular (CVEST) ou através dos telefones (81) 21251724 – CVEST, (81) 3181-2882 – Polo Recife ou (81) 3626-8666 e 3626-8667 – Polo Goiana.
Ascom – IFPE
Informações

Morre no Recife, aos 87 anos, o escritor Ariano Suassuna

| |
1 comentários

Ariano morreu no dia 23 de julho de 2014 no Real Hospital Português, no Recife, onde deu entrada na noite do dia 21 vítima de um acidente vascular cerebral (AVC), passando por procedimento cirúrgico com colocação de dois drenos para controlar a pressão intracraniana. Ele ficou em coma e respirando por ajuda de aparelhos.

Biografia

Ariano Vilar Suassuna nasceu em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa (PB), no dia 16 de junho de 1927, filho de Cássia Vilar e João Suassuna. No ano seguinte, seu pai deixa o governo da Paraíba e a família passa a morar no Sertão, na Fazenda Acauã, em Aparecida, Paraíba.
Com a Revolução de 1930, seu pai foi assassinado por motivos políticos no Rio de Janeiro e a família mudou-se para Taperoá, onde morou de 1933 a 1937. Nessa cidade, Ariano fez seus primeiros estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo caráter de “improvisação” seria uma das marcas registradas também da sua produção teatral.
A partir de 1942 passou a viver no Recife, onde terminou, em 1945, os estudos secundários no Ginásio Pernambucano, no Colégio Americano Batista e no Colégio Osvaldo Cruz. No ano seguinte iniciou a Faculdade de Direito, onde conheceu Hermilo Borba Filho. E, junto com ele, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco. Em 1947, escreveu sua primeira peça, Uma Mulher Vestida de Sol. Em 1948, sua peça Cantam as Harpas de Sião (ou O Desertor de Princesa) foi montada pelo Teatro do Estudante de Pernambuco. Os Homens de Barro foi montada no ano seguinte.
Em 1950, formou-se na Faculdade de Direito e recebeu o Prêmio Martins Pena pelo Auto de João da Cruz. Para curar-se de doença pulmonar, viu-se obrigado a mudar-se de novo para Taperoá. Lá escreveu e montou a peça Torturas de um Coração em 1951. Em 1952, volta a residir em Recife. Deste ano a 1956, dedicou-se à advocacia, sem abandonar, porém, a atividade teatral. São desta época O Castigo da Soberba (1953), O Rico Avarento (1954) e o Auto da Compadecida (1955), peça que o projetou em todo o país e que seria considerada, em 1962, por Sábato Magaldi “o texto mais popular do moderno teatro brasileiro”.
Em 1956, abandonou a advocacia para tornar-se professor de Estética na Universidade Federal de Pernambuco. No ano seguinte foi encenada a sua peça O Casamento Suspeitoso, em São Paulo, pela Cia. Sérgio Cardoso, e O Santo e a Porca; em 1958, foi encenada a sua peça O Homem da Vaca e o Poder da Fortuna; em 1959, A Pena e a Lei, premiada dez anos depois no Festival Latino-Americano de Teatro.
Em 1959, em companhia de Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste, que montou em seguida a Farsa da Boa Preguiça (1960) e A Caseira e a Catarina (1962). No início dos anos 60, interrompeu sua bem-sucedida carreira de dramaturgo para dedicar-se às aulas de Estética na UFPE. Ali, em 1976, defende a tese de livre-docência A Onça Castanha e a Ilha Brasil: Uma Reflexão sobre a Cultura Brasileira. Aposenta-se como professor em 1994.
Membro fundador do Conselho Federal de Cultura (1967); nomeado, pelo Reitor Murilo Guimarães, diretor do Departamento de Extensão Cultural da UFPE (1969). Ligado diretamente à cultura, iniciou em 1970, em Recife, o “Movimento Armorial”, interessado no desenvolvimento e no conhecimento das formas de expressão populares tradicionais. Convocou nomes expressivos da música para procurarem uma música erudita nordestina que viesse juntar-se ao movimento, lançado em Recife, em 18 de outubro de 1970, com o concerto “Três Séculos de Música Nordestina – do Barroco ao Armorial” e com uma exposição de gravura, pintura e escultura. Secretário de Cultura do Estado de Pernambuco, no Governo Miguel Arraes (1994-1998).
Entre 1958-79, dedicou-se também à prosa de ficção, publicando o Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta (1971) e História d’O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão / Ao Sol da Onça Caetana (1976), classificados por ele de “romance armorial-popular brasileiro”.
Ariano Suassuna construiu em São José do Belmonte, onde ocorre a cavalgada inspirada no Romance d’A Pedra do Reino, um santuário ao ar livre, constituído de 16 esculturas de pedra, com 3,50 m de altura cada, dispostas em círculo, representando o sagrado e o profano. As três primeiras são imagens de Jesus Cristo, Nossa Senhora e São José, o padroeiro do município.
Membro da Academia Paraibana de Letras e Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2000).
Em 2004, com o apoio da ABL, a Trinca Filmes produziu um documentário intitulado O Sertão: Mundo de Ariano Suassuna, dirigido por Douglas Machado e que foi exibido na Sala José de Alencar.
Em 2002, Ariano Suassuna foi tema de enredo no carnaval carioca na escola de samba Império Serrano; em 2008, foi novamente tema de enredo, desta vez da escola de samba Mancha Verde no carnaval paulista. Em 2013 sua mais famosa obra, o Auto da Compadecida será o tema da escola de samba Pérola Negra em São Paulo.
Em 2006, foi concedido título de doutor honoris causa pela Universidade Federal do Ceará, mas que veio a ser entregue apenas em 10 de junho de 2010, às vésperas de completar 83 anos. "Podia até parecer que não queria receber a honraria, mas era problemas de agenda", afirmou Ariano, referindo-se ao tempo entre a concessão e o recebimento do título.2
Durante o mandato de Eduardo Campos, Ariano foi Assessoria Especial do Governo de Pernambuco, até abril de 2014.
Ariano Suassuna era torcedor fanático do Sport Club do Recife.


Informações

ÁGUA: COMPESA ATENDE PEDIDO DO BLOG FALA GOIANA E CONSERTA CANOS ESTOURADOS EM GOIANA

| |
0 comentários

Após iniciativa do BLOG FALA GOIANA, de se dirigir a gerência da COMPESA em Goiana Zona da Mata Norte de Pernambuco, onde foi recebido pelo Coordenador José Luiz, que assumiu o compromisso com o Blog e a população goianense, que onde houvesse cano estourado fosse comunicado através de E-mail que o problema seria solucionado, então, o BLOG FALA GOIANA, está passando em cada rua de Goiana e observando como também enviando para COMPESA.

Quero aqui parabenizar o coordenador por nos receber, como também colocar em ação o serviço solicitado. 

Informações

POLÍTICA: AMIGOS DE EDVAL SOARES SE REUNEM NO MILLENIUM BUFFET PARA APRESENTAR SEU CANDIDATO

| |
0 comentários
Na noite desta terça-feira (22/07) no Millenium Buffet, se reuniram líderes políticos locais para apresentar como candidato a Deputado Estadual Edval Soares nas Eleições de 2014, estiveram presente: Carlos de Joca (Vice-Prefeito e presidente do PSB em Goiana), Vereador Arnaldo Compensado, Roberto (PSB Jovem), os ex-vereadores Salmo Valentin e Professor Arnaldo, Eduardo do Detran, os Radialista Felipe Andrade (Rádio Nova FM), Jader de Andrade (Rádio Goiana FM), Sergio Bakana (Rádio Nova FM), , os Advogados Dr. Tarcísio Chaves e Dr. Marcondes Gomes, Professor Walter Silva, empresário Maurício da Farmácia, empresário Lindivan Augustinho, Lula dos Caboclinhos, Gilmar Xodó, Chico Xavier (Líder Comunitário).  

Na ocasião foram citados os momentos críticos que Goiana vem atravessando, que mesmo estando em processo de crescimento muito se precisa ser mudado.














Informações

sexta-feira, 18 de julho de 2014

SAÚDE: VER-SUS recepciona estagiários de saúde

| |
0 comentários
_DSC0047

Hoje (18), profissionais e estudantes da área da saúde de Goiana que foram selecionados para o programa VER-SUS, do Governo Federal, foram recepcionados pela Prefeitura de Goiana, por meio da Secretaria de Saúde, para dar as boas vindas.
Os escolhidos, de diversas especialidades, ficarão hospedados em São Lourenço e, durante dez dias, vivenciarão o SUS em diversas atividades nas Unidades de Saúde da Família localizadas nos distritos de Goiana, em conjunto com o Núcleo de Apoio à Saúde de Família (NASF).
Participaram do encontro a coordenação do NASF Distrito; coordenação do PSE; diretoria de Atenção Especializada; Recursos Humanos; secretaria de Comunicação; direção de Saúde Mental.

O programa

O VER-SUS é um programa que promove o contato do estudante de saúde com o contexto social e de vivência do SUS. Na cidade, ele elegeu novos estagiários para trabalhar em Goiana, com alimentação e estadia financiadas pelo Ministério da Saúde.
Informações

GOIANA: Defesa Civil interdita Rua por conta de casarão abandonado

| |
0 comentários
_DSC0003

A Coordenadoria Municipal de Proteção e DEFESA CIVIL (COMPDEC) interditou a Rua Siqueira Campos, antigo Beco do Pavão (Centro), por causa do risco de desabamento de um prédio. A rua ficará inacessível para carros, motos e bicicletas por tempo indeterminado.
De acordo com a Defesa Civil, a casa, propriedade do senhor Harlan de Albuquerque Gadelha e construída no século passado, encontra-se em estado de degradação. A estrutura do imóvel está comprometida e pode cair.
A solicitação da interdição da Rua Siqueira Campos partiu dos próprios moradores e proprietários de estabelecimentos comerciais vizinhos da propriedade. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Ministério Público e a família do proprietário do imóvel já foram notificados pela COMPDEC.
Informações